Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH)

A Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH) é uma entidade sem fins lucrativos, desde sua fundação em 27 de março de 1953, trabalha intensamente no desenvolvimento da cadeia produtiva do leite, fornecendo soluções e resultados positivos em diversas áreas, como: Melhoramento Genético, Gestão de Rebanhos, Indicadores de Produção, Reprodução, Nutrição, Saúde dos Animais e Qualidade do Leite, para produtores, técnicos, cooperativas e empresas de laticínios.

 

Download ESTATUTO APCBRH

 

Missão

Promover o melhoramento genético e a qualidade dos rebanhos leiteiros, valorizando os criadores, monitorando e disponibilizando informações e indicadores da qualidade do leite em benefício dos produtores, indústrias e consumidores.

Visão

Ter excelência na prestação de serviços para produtores e indústrias na gestão de rebanhos, melhoramento da raça, saúde dos animais e qualidade do leite com sustentabilidade.

Valores

Credibilidade, confiança, comprometimento, respeito aos animais e ao meio ambiente, integridade e transparência de processos, trabalho em equipe.

  • 27 de Março de 1953 – Fundação da Associação

    Entusiastas da época reuniram-se no edifício da Federação das Associações Rurais do Paraná (FARP), na Avenida Marechal Floriano Peixoto, nº 114, em Curitiba, com o objetivo de fundar e instalar uma Associação Paranaense de Criadores de Bovinos-APCB. Primeiro presidente Antônio Baptista Ribas, gestão de 1953 a 1957.

  • 1954 – A sede da APCB é instalada provisoriamente na Rua XV de Novembro, 556, Edifício Lustoza, 11º andar, em Curitiba/PR. Teve como associado nº 1, o senhor Leônidas Vicente de Castro, que também foi o 1º diretor técnico da APCB.

  • 1955 – No início da sua fundação, a APCB executava no Estado do Paraná o Registro Genealógico das raças de corte. No primeiro ano de atividades técnicas foram registradas 39 fêmeas da Raça Caracu. Posteriormente, foram efetuados os registros das raças: Charolês, Pitangueiras, Bubalinos, Jersey e Pardo Suíço.

  • 1958 – Início do Registro de Animais da raça Holandesa. A APCB formaliza acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa, dando início ao Registro de Animais da Raça Holandesa. O primeiro registro foi efetuado pela APCB e registrado no Herd-Book da raça, animal “ALEGRE DO CANGUIRI”, holandês Preto e Branco, GC-15/16, da Granja Experimental do Canguiri, no município de Piraquara.

  • 21 de abril de 1960 – Inaugurada a sede própria da APCB. Na gestão do diretor-presidente Mário Marcondes Loureiro, foi inaugurada a sede própria da APCB, na Rua Presidente Carlos Cavalcanti, nº 623, Centro, Curitiba/PR. Local que sediou a entidade por 46 anos.

  • 1966 – Iniciado na APCB o Serviço de Controle Leiteiro. O Controle Leiteiro é uma prova zootécnica utilizada para melhoramento genético tanto da raça quanto do criatório que o utiliza, além de ser a melhor maneira de acompanhar a evolução produtiva de cada indivíduo no rebanho.

  • 1967 – Por meio do médico veterinário, e diretor técnico da APCB, Dr. Edgard de Alencar Guimarães Filho, foi realizado o Controle Leiteiro do primeiro rebanho, do criador João Fortunato Bulcão de Mello, localizada em São José dos Pinhais. Neste ano, outros três rebanhos tiveram controle leiteiro, tendo 26 lactações encerradas, oito com Livro de Mérito.

  • 1975 – Início do Serviço de Classificação para Tipo. A APCB é credenciada para realizar os trabalhos de Classificação para Tipo ou Avaliação da Conformação no Paraná (uma importante ferramenta para acasalamento). Serviço executado, exclusiva e diretamente, pela Associação Brasileira (ABCBRH). Auke Dijkstra (Carambeí/PR) foi o criador pioneiro neste serviço. A APCB começa a prestar este trabalho com o acompanhamento técnico do Dr. Edgard de Alencar Guimarães Filho. O rebanho do criador Vinicius Ferreira, de Londrina, foi o primeiro a ser visitado e classificado oficialmente por um técnico da APCB.

  • 1985 – Em comemoração aos seus 32 anos, a APCB promove, em Ponta Grossa (Vila Velha Palace Hotel), sua I Convenção Anual da APCB, reunindo criadores, técnicos, estudantes de diversas regiões e Estados. Editadas um total de 11 convenções.

  • 1985 – Marca histórica no Paraná: o centésimo milésimo registro da APCB com o animal “CLARA 10 DE KIVI”, de propriedade de Johan Christian Kiers, do município de Castro/PR.

  • 1985 – APCB assina Convênio com o Ministério da Agricultura, para realizar Teste de Progênie em Bovinos Leiteiros.

  • 1985 – O Conselho Deliberativo Técnico da APCB institui a entrega de troféus para destacar as melhores produções acumuladas de leite e gordura. Premiações: “Troféu Governador do Estado”, maior produção vitalícia de leite; “Troféu Batedeira de Ouro”, maior produção de gordura e o “Troféu Latão de Ouro”, segunda melhor produção acumulada de leite.

  • 1986 – APCB, UFPR e McGill University inauguram laboratório de análise de produtos agrícolas por método infravermelho (NIRS) na UFPR.

  • Fevereiro 1987 – APCB dá início ao processo de evolução de animais: Puro por Cruzamento (PCOC) = Gado Holando Brasileiro (GHB) = Puro de Origem (PO).

  • Maio de 1987 – Firmado convênio com a Secretaria das Finanças do Estado do Paraná para emissão de Credencial de Bovinocultor, que obrigatoriamente acompanhava o transporte de milho ou ração, objetivando estender aos criadores a isenção de ICM do milho.

  • 1987 – APCB firma Convênio de Cooperação Técnica e Científica com o MacDonald College, da McGill University (Canadá) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), para desenvolvimento de um Sistema de Análise de Rebanhos Leiteiros para o Estado do Paraná.

  • Outubro de 1987 – APCB registra no Herd-Book da raça Holandesa o animal “FAFA’S SCOT SULBRA’S” com grau de sangue GC/11, do criador Roberto Sleutjes (Castro).

  • 1988 – Assinatura de convênio APCB e SEAB, objetivando a entrega de três veículos para uso do Controle Leiteiroda Associação.

  • 1988 – APCB repassa ao Ministério da Agricultura, dados para arquivo zootécnico nacional, conforme previsto no Projeto de Melhoramento Zootécnico.

  • 1988 – Início Processo Informatização APCB. Assinado pelo presidente Orlando Bertoldi Júnior, termo aditivo do convênio APCB e MAPA, visando recursos para implantação, na APCB, de um centro de processamento de dados, para apoiar os trabalhos de Registro Genealógico e Controle Leiteiro.

  • 1989 – Realizado o 1º LEILÃO STARS DO PARANÁ, batendo o recorde nacional de comercialização. Editados um total de 7 leilões.

  • 30/11/1989 – APCB recebe doação da SEAB na gestão do Secretário da Agricultura, Osmar Dias, de um imóvel para instalação da nova sede do Controle Leiteiro e a implantação do Laboratório Centralizado de Análise de Leite.

  • 1990 – Mudança da razão social para: Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH). Em Assembleia Geral Ordinária, os criadores decidiram pela mudança da razão social de Associação Paranaense de Criadores de Bovinos (APCB) para Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH), possibilitando maior ampliação dos serviços aos criadores, mantendo a sua finalidade de ser órgão estadual de defesa e representação de seus associados.

  • 1991 – Inauguração do Laboratório de Análise de Leite e Serviço de Controle Leiteiro. Inaugurado na gestão do Diretor-Presidente Orlando Bertoldi Júnior (1983-1992), a nova sede do Controle Leiteiro, que passa a se denominar Programa de Análise de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR), localizado no Bairro Alto, Rua Percy Feliciano de Castilho, nº 483, Curitiba/PR. O Laboratório iniciou suas atividades em 1991, sendo, o primeiro laboratório credenciado com a publicação da Portaria 46 da SDNA, em 25 de maio de 1992. É integrante da Rede Brasileira de Laboratórios de Controle de Qualidade do Leite.

  • 1991 – Com apoio da McGill University do Canadá/CIDA, instalação do primeiro analisador infravermelho para análise de componentes (gordura, proteína, lactose e sólidos totais) do leite cru no laboratório do PARLPR da APCBRH.

  • Março de 1992 – Assume pela primeira vez a presidência da APCBRH, o médico e criador Nélio Ribas Centa, que ficou à frente da entidade por cinco mandatos (1992 a 2007).

  • 1992 – Credenciamento do primeiro classificador APCBRH. Dr. Altair Antonio Valloto, médico veterinário, primeiro classificador oficial da raça Holandesa.

  • 1992 – Credenciamento do MAPA, para realização de amostras de leite. O Secretário Nacional de Defesa Agropecuária, José Pedro Gonzales, pela Portaria 046, credencia a APCBRH para realizar a análise de gordura, proteína, lactose, sólidos não gordurosos e contagem de células somáticas de amostras de leite dos animais em controle leiteiro oficial.

  • 1994 – Começa ser viabilizada a construção da Casa do Criador de Gado Holandês, terreno doado pela Emater, Parque Castello Branco, Pinhais/PR. No dia 15 de outubro, é realizada a inauguração.

  • 1995 – Serviço de Registro Genealógico é informatizado, iniciando-se, assim, a interligação do SRG com a ABCBRH.

  • 19/08/1997 – Numa iniciativa de Nélio Ribas Centa e da diretoria, a APCBRH adquiriu terreno com área de 11.000 m2, localizado no bairro Orleans em Curitiba, para a construção de sua nova sede, para unificar a parte administrativa, o registro de animais, o controle leiteiro e o Laboratório Centralizado de Análise de Leite.

  • 09/01/2001 – Lançamento da pedra fundamental “Construção da Nova Sede da APCBRH” (Gestão 1998-2001).

  • Agosto de 2002 – 1º Leilão Elite de Novilhas, realizado para obtenção de fundos para a construção da nova sede da APCBRH. Arrecadou em receita líquida: R$ 81.475,52

  • Maio de 2003 – Início da construção da nova sede da APCBRH, com 1200 m2 de área construída (Laboratório, SRG, administração e anfiteatro).

  • 2004 – Unificação do banco de dados do Registro Genealógico e Controle Leiteiro. Criação de novos relatórios e gráficos para produtores.

  • 06/03/2006 – Concretização de um sonho, teve início à mudança da APCBRH para a nova sede, com 1.600 m2 e com estrutura para atender com qualidade seus associados, localizada na Rua Professor Francisco Dranka, 608, Bairro Orleans, Curitiba/PR.

  • 2006– Inauguração nova SEDE APCBRH. Nova sede é oficialmente inaugurada, marcando mais um momento importante de sua história. Com as novas instalações, a capacidade de atendimento do Laboratório triplicou; multiplicação dos serviços e do próprio crescimento da raça, a APCBRH parte para novos projetos.

  • 2006 – Estruturação e disponibilização do Programa WEB+LEITE (portal do criador/indústria). Parceria ABCBRH/APCBRH.

  • Abril de 2007 – O criador Hans Jan Groenwold assume a Diretoria da APCBRH, após o falecimento do presidente Nélio Ribas Centa. Para democratizar ainda mais a participação dos criadores nos rumos da entidade, Groenwold fez alterações na estrutura administrativa.

  • 2007 – Ampliação de 60 m2 do Laboratório de Análise de Leite da APCBRH, área de preparo de amostras piloto.

  • Agosto de 2007 – APCBRH desenvolve novo programa WEB+LEITE, possibilitando ao criador, acesso às informações de seu rebanho, permitindo o gerenciamento da propriedade.

  • 2008 – APCBRH é a primeira organização do segmento leiteiro no Brasil a obter o título de Entidade Certificadora em Bovinos de Leite (SISBOV), título conquistado pela Portaria nº 6, de 25 de janeiro de 2008, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Denominada RastreCert/APCBRH.

  • 2008 – Certificação do Laboratório Centralizado de Análise de Leite da APCBRH. É integrante da Rede Brasileira de Laboratórios de Controle da Qualidade do Leite-RBQL (2002). Desde 2008, é credenciado pela CGAL (Coordenação Geral de Apoio Laboratorial), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

  • 2010 – Implantação e início dos trabalhos de controladores do Controle Leiteiro com coletores de dados (40 coletores).

  • 2010 – Parceria ABCBRH e APCBRH, início dos trabalhos de Classificação para Tipo informatizado, utilização de coletor de dados.

  • 2011 – Início à elaboração do programa de informática “HOME+LEITE”, para manejo de rebanhos leiteiros (sistema para desktop).

  • 2012 – Início dos trabalhos de Classificação para Tipo da raça Jersey, parceria APCBRH e Associação de Criadores de Gado Jersey.

  • 2012 – Realização da 10ª edição do jantar de premiação de criadores destaques da raça holandesa nos serviços de registro de animais, classificação para tipo e controle leiteiro.

  • 2012 – Início da ampliação das instalações e do Laboratório de Análise de Leite da APCBRH.

  • 21/06/2013 – Inauguração da nova área da sede da APCBRH (instalações e Laboratório), 400 m2 de área construída.

  • 2015 – Acreditação do Inmetro do Laboratório Centralizado de Análise de Leite do Programa de Análise de Rebanhos Leiteiros do Paraná (PARLPR), da APCBRH, recebeu a acreditação do Inmetro, conforme requisitos da ISO/IEC 17025:2005, número de acreditação CRL 0868.

  • 2016 – Implementação de novo Programa de Gestão WEB+LEITE (parceria ABCBRH e APCBRH), novidades serão implementadas nos relatórios e gráficos.

  • 2017 – Lançamento do programa HOME+LEITE para Manejo de Rebanhos Leiteiros.

  • 2018 – Lançamento do APP PARLEITE, novo aplicativo gerando informações para a gestão do seu rebanho.

  • 2019 – Inauguração da Casa da Raça Holandesa em Castro/PR, no centro do agronegócio, na Capital Nacional do Leite, durante o Agroleite.

  • 2019 – Início construção novo programa de informática do SRG/SCL WEB+LEITE. A APCBRH em conjunto com a Associação Brasileira (ABCBRH) resolveram desenvolver um novo sistema de informática, para melhoria do atual sistema e atender demandas de associados.

  • 2020 – Aplicativo PARLEITE passa a se chamar HOME+LEITE. Acesso ao registro de animais, consulta de animais, cadastro de eventos, cobertura, prenhez, entre outras funções.